Higiene, saúde e segurança do trabalho

Get Adobe Flash player

Localizar

Acesso

Audiometria é um exame realizado pelo fonoaudiólogo que avalia a audição, identifica alterações auditivas, e a partir daí adotar medidas de engenharia e administrativas, no intuito de evitar o agravamento da audição do trabalhador e suas conseqüências legais para a empresa.

Os principais tipos são: audiometria tonal, que qualifica a audição como normal ou com perda auditiva, e nesse caso, define-se o grau e o tipo de perda e a audiometria vocal, pesquisa a capacidade de compreensão da fala humana.

Estes exames são realizados com o paciente dentro de uma cabine acústica, visando isolá-lo do ruído ambiental e utiliza o equipamento chamado audiômetro. O resultado é expresso em um audiograma, que é um gráfico que revela as capacidades auditivas do paciente.

Quando detecta qualquer anormalidade auditiva o fonoaudiólogo orienta ao paciente quanto às medidas preventivas ou curativas a serem tomadas, evitando assim o agravamento da perda auditiva.

Para se obter registros fidedignos todos os procedimentos devem seguir a Portaria 19 - Diretrizes e Parâmetros Mínimos para Avaliação e Acompanhamento da Audição em Trabalhadores. Assim:

  • Audiômetro calibrado e certificado segundo a Norma ISO 8.253-1;
  • Cabine audiométrica ou ambiente acusticamente tratado de acordo com os limites permitidos pela Norma ISO 8.253-1;
  • Exame realizado somente por médico ou fonoaudiólogo que são os profissionais legalmente habilitados;
  • Acompanhamento seqüencial obrigatório dos exames de audiometria ocupacional durante toda a vida laboral do empregado na empresa;

O resultado do exame de audiometria ocupacional, obrigatoriamente, precisa ser submetido aos procedimentos da NR 7 – Anexo I – Quadro 2 e, dentre as providências que antecedem a sua realização, deverão ser observadas, ainda,  as determinações das Resoluções 295 e 296, do Conselho Federal de Fonoaudiologia.

Última atualização (Ter, 10 de Maio de 2011 15:05)